Buscar
  • Artigos

Homem Dividido



Em mim habitam dois mundos completamente distintos um do outro.

Tal como uma frágil folha,

quando me molho,

sei que molho as duas faces,

pela minha permeabilidade entre aquilo que sei que sou

e o qual careço de domínio.


Vontade não me falta,

mas faz-me falta domínio sobre ela...

Falta-me irresponsabilidade, falta-me rebeldia!

Para ir contra a corrente que faz de mim sua tela.


Já não sei se me falta domínio ou,

se por ser dominado procuro rebelar-me...

Talvez não me falte domínio,

talvez o que procure seja sim liberdade do sentir dominado...


Será necessário conhecer o domínio para se saber dominador,

ou por outro lado, somos dominados e nem sentimos a sua tirania...

Sei que não me molhei, mas sinto a minha alma húmida.



Escrito algures por aí em tempo incerto,

Todos os direitos reservados João Diogo Vedor ©

0 visualização

Psicólogo Dr. João Vedor © 2020